Pensamentos de um ilhéu escritos de 2003 a 2010.
Quinta-feira, 29 de Junho de 2006
Os exames nacionais
Entramos de novo em período de exames nacionais e é ver os nossos jovens em grande ansiedade.
 
Espero que este ano os exames nacionais sejam elaborados para uma verdadeira aferição de conhecimentos e que resultem num número elevado de positivas e não como até aqui num role imenso de negativas que desprestigiam os elaboradores dos exames, professores, os alunos e o país. 


publicado por Soares Carepa às 00:10
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 27 de Junho de 2006
Uma analise lúcida
Li uma entrevista do Presidente da Câmara de Angra sobre as suas festas deste ano e não posso deixar de manifestar a minha simpatia pelas suas afirmações. Os parágrafos seguintes são interrogações minhas e tem por base a referida entrevista.
 
Primeiro alterar uma organização apenas porque já existe com o mesmo figurino há anos, a nada conduz de novo, dispersa energias e cria novos gastos. Como afirmei durante anos qualquer festa é apenas um pretexto para o encontro de pessoas, alterar uma organização que já tem provas dadas de êxito e organização implica sempre um acréscimo de custos que alguém terá sempre de pagar.
 
Este ano as pessoas dispersaram pelos diferentes lugares da festa, dando a impressão de uma menor presença. Esta é outra realidade que qualquer organização deverá ter sempre presente em ilhas cuja a população é relativa, os visitantes mesmo que muitos, são poucos milhares, os residentes são outros tantos, juntos parecem muitos, dispersos assumem a sua realidade.
 
As festa na RA tem de ser repensadas quer no seu aspecto organizativo quer económico e com caracter urgente, pois não é aceitável nem justificável politicamente gastos de centenas de milhares de euros num período de grande contenção de custos em despesas de duvidoso retorno e com uma lei de finanças locais restritiva no horizonte.  
 


publicado por Soares Carepa às 00:15
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 25 de Junho de 2006
As marchas de São João
Assisti ontem pela RTPA às marchas de São João de Vila Franca e de Angra, apesar de diferentes gostei de ambas, mas é no entusiasmo das gentes da Terceira no acompanhamento das suas marchas que reside toda a diferença entra as duas festas populares.
 
As sanjoaninhas têm dezenas de anos e os terceirenses sempre as viveram intensamente, esta é uma característica daquele bom povo que reserva na sua vida de trabalho, momentos lúdicos de grande beleza popular, como as danças de carnaval ou as marchas de São João. Estas hoje já apresentam características únicas e próprias daquela terra e isto só é possível pela criatividade dos terceirenses.
 


publicado por Soares Carepa às 00:14
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 23 de Junho de 2006
Em vésperas de São João
Encontramo-nos de novo em vésperas do São João que no Faial se festeja no interior da Ilha e tem na sua origem as romarias a pé das diferentes freguesias com o encontro das suas gentes.
 
Nos dias de hoje já não há romarias a pé porque todos se deslocam de carro, os farnéis e piqueniques desapareceram, as pessoas encontram-se frequentemente em todas as outras festas e o encanto da romaria de São João apenas existe na memória e teimosia das gentes até um dia que prevejo não ser daqui a muitos anos. 


publicado por Soares Carepa às 00:13
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 21 de Junho de 2006
O fim do encalhado
Iniciaram-se os trabalhos de desmantelamento do CP Valour encalhado na Fajâ da Praia do Norte.
 
A empresa holandesa encarregada do serviço demonstra a sua capacidade e saber sobre o assunto, com a deslocação de meios nunca vistos por estas paragens.
 
No meio de tudo isto, tivemos muita sorte, primeiro pela empresa proprietária do navio ser credível e dum pais respeitador dos problemas ambientais, segundo a poluição causada foi mínima, o impacto do acidente foi igualmente mínimo e estou certo que o desaparecimento daquele cadáver metálico será rápido e completo.


publicado por Soares Carepa às 00:12
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Junho de 2006
A Feira
Chegou ao fim mais uma Fera Regional, este ano com melhorias no seu espaço físico, mas ainda muito insuficiente para uma feira no espaço europeu onde nos situamos.
 
Há três anos houve um interregno para se pensar na feira regional do futuro, infelizmente nada se pensou de concreto e para ser franco se na amostra do gado se verifica grandes melhorias na qualidade do mesmo, e tal não se devem só às feiras regionais, tudo o resto transmite uma imagem nada abonatória do desenvolvimento duma Região Europeia mesmo que periférica.
 
Se para a Feira do Mundo Rural, apenas local, se aceita uma organização como aquela, para uma Regional é muito pouco. 


publicado por Soares Carepa às 00:10
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 17 de Junho de 2006
A verificação de uma realidade

Cheguei de novo à Horta e constatei, se preciso fosse que a nossa maior dificuldade no desenvolvimento económico, é a pouca população, não só da cidade como da ilha.

 
Com 15000 pessoas não é possível atingirmos o patamar de desenvolvimento da Terceira ou São Miguel, devemos é ter a consciência dessa realidade e lutar para que na diferença a população atinja uma qualidade de vida igual ou mesmo superior a essas ilhas irmãs.
 


publicado por Soares Carepa às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 15 de Junho de 2006
As sanjoaninhas
Passados tantos anos de  novo senti a vivência das principais festas de Angra e assisti ao frenesim próprio de quem deseja ter tudo pronto na hora.
 
Tudo se propicia para umas grandes festas, não essencialmente para os turistas, como todas as festas na RA, mas para os seus naturais e muito principalmente como ponto de encontro daqueles que espalhados pelo mundo regressam nas festas de verão para reverem os amigos e familiares.
 
Ainda não será este ano que regresso às sanjoaninhas, pois deixo a Terceira hoje de volta ao “Fayal”.  


publicado por Soares Carepa às 17:17
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 13 de Junho de 2006
A gare das Lages
Cheguei ontem à Terceira e ao desembarcar na Gare das Lages fiquei chocado pelo seu estado, pois mesmo em obras nada justifica não existir qualquer aviso ou mensagem a quem chegue que tudo aquilo é passageiro e pedir desculpa pelo incomodo que é muito.
 
Tal atitude poderá traduzir-se por uma profunda falta de respeito, não só à população da RA que por lá passa, como a todos os visitantes.
 
Fui em seguida visitar a parte da aerogare já em serviço e de novo o meu espanto pela sua infuncionalidade com a colocação do “despacho de bagagens” no meio do espaço, qual menina em sala de baile, tornando-o exíguo para o atendimento simultâneo de mais de um avião.
 
Aos responsáveis resta apenas uma atitude coerente politicamente e que já deveria ter sido tomada, apresentar uma proposta de alteração, porque errar é humano e aproveitar o período do próximo inverno, por ser o de menor movimento, para a correcção daquela aberração arquitetónica digna de figurar como exemplo a não ser seguido em qualquer compendio.


publicado por Soares Carepa às 17:16
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 11 de Junho de 2006
As scudes
Quem visita São Miguel e dá uma volta pela ilha rapidamente conclui pela necessidade da construção de uma rede de vias rápidas que possibilitem a ligação aos principais pólos de desenvolvimento da ilha, chamem-se scudes ou outro nome.
 
Esta é uma prioridade da própria RA e a sua concretização é fundamental para o desenvolvimento económico da região, pois só São Miguel poderá ser o motor, capaz de motivar o movimento para o progresso de toda a RA.


publicado por Soares Carepa às 17:15
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 9 de Junho de 2006
Ponta Delgada
Estou em Ponta Delgada, cidade que nos últimos anos sofreu um crescimento verdadeiramente espectacular, tornando-a o polo de desenvolvimento da própria RA e a sua “capital” política e económica. 
 
Hoje é pacifico esse reconhecimento, agora torna-se imprescindível estender os benefícios do seu desenvolvimento a toda a população não só do concelho mas da ilha.


publicado por Soares Carepa às 17:13
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 7 de Junho de 2006
Fazer turismo cá dentro
Este ano decidi tirara alguns dias para fazer turismo dentro de casa, escolhi passar 4 dias em Ponta Delgada e outros tantos em Angra do Heroísmo.
 
O turismo interno é muito pequeno e só há alguns anos começou a ter expressão com a entrada dos ferries, o que conduziu a uma alteração nos hábitos da população e em especial com uma circulação de jovens entre as diferentes festas de verão.
 
Tinha também previsto a utilização dos barcos para parte do percurso, mas tal não foi possível, assim tive de utilizar o avião, que apesar de rápido tira o gozo único de uma viagem de barco entre as ilhas do grupo central. 
 


publicado por Soares Carepa às 17:11
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 5 de Junho de 2006
O dia da RA dos Açores
 
Na segunda feira do Espirito Santo dia em que todos os açorianos se identificam, comemora-se "O dia da RA dos Açores", uma realidade na organização política de um arquipélago só possível desde a institucionalização do Regime Autonômico.
 
Com a autonomia temos sido capazes de construir uma nova sociedade quer nos aspectos económicos, quer no político e a RA atingiu um patamar de desenvolvimento sem paralelo na sua história.
 
Transcrevo em complemento estratos das mensagens das duas maiores autoridades da RA: 
 
“Somos hoje uma realidade completamente diferente, para melhor, do que éramos há 30 anos e assim o demonstram todos os indicadores, comprovando a virtualidade da Autonomia democrática que hoje vivemos.
Ao celebrarmos mais um Dia da Região, creio poder afirmar que, apesar das dificuldades ainda existentes e dos graves problemas que em geral afectam o nosso tempo, estamos preparados para enfrentar os desafios do desenvolvimento e da modernidade.”
Fernando Meneses (Presidente da Assembleia Legislativa Regional dos Açores)
 
“Comemorar os Açores enquanto Região não pode apenas dizer respeito aos seus órgãos de governo próprio, nem à sua classe política, mas deve ser uma oportunidade de todos os Açorianos, de nascimento ou de coração, onde quer que estejam, afirmarem a sua História, a sua Identidade e a sua Cultura. Desse modo, é importante salientar que esta deve ser uma oportunidade de reforçar o sentimento de pertença a uma realidade comum que necessita do contributo de todos para o seu fortalecimento e progresso, numa contínua caminhada de vencer com sucesso os desafios que nos esperam.”
Carlos César ( Presidente do Governo Regional dos Açores)
 


publicado por Soares Carepa às 18:07
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 3 de Junho de 2006
...e o barco saiu
Nestes últimos dias parecia ser o assunto mais importante na RA, afinal o barco da Transmaçor já navega para a Região e iniciará as suas viagens no inicio da próxima semana.
 
Quando se pretende apenas atingir objectivos de pequena política, tornamo-nos mais pequenos do que já somos.


publicado por Soares Carepa às 16:28
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 1 de Junho de 2006
Timor
De novo assisto a violência em Timor, agora gerada internamente por problemas de intolerância racial.
 
A independência de um povo é apenas um inicio de uma caminhada, na maior parte das vezes dolorosa, para se conseguir implantar a democracia e o progresso de um povo, em Timor a comunidade internacional pensou que os objectivos estavam atingidos, esquecendo-se do trauma da guerra da independência e principalmente das feridas profundas causadas pela destruição maciça dos bandos em véspera da independência,   
 
Espero que a GNR que tão grande capital de simpatia e competência deixou anteriormente em Timor, consiga transmitir confiança a um povo tão sofrido e merecedor de encontrar o seu caminho no desenvolvimento e na paz.
 


publicado por Soares Carepa às 16:26
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
16
17
18

20
21
22
24
25

26
28
29
30


posts recentes

Despedida

Feliz 2011

Boas Festas

Estudo sobre barcos

Novos barcos

Hotéis e companhia

Orçamento Regional

Guerra na saúde regional

FMI

Orçamento 2011 da RA

Nato

SOS Cagarro

Atlanticoline 2010

Homens/mulheres

Açores na ONU

O acordo

Novo paradigma

AFH

SOS Cagarro 2010

O salvamento no Chile

arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

tags

todas as tags

links
O meu Email
  • MartinsSoares
  • blogs SAPO
    subscrever feeds