Pensamentos de um ilhéu escritos de 2003 a 2010.
Domingo, 30 de Janeiro de 2005
O Congresso da Cidadania na Horta

Falando no Congresso da Cidadania e durante o painel “ O lugar da escola - estratégias e modelos educativos” realizado na Horta no passado dia 28, o professor doutor Roberto Carneiro referiu entre muitos outros assuntos:

O sucesso escolar depende, em grande parte, da estabilidade política no país, pois a falta de estabilidade, de coerência, de persistência nas políticas educativas, é profundamente nociva para este sector, acrescentando esperar que as eleições legislativas de 20 de Fevereiro possam trazer uma legislatura estável a Portugal.

No seu entender, é também preciso encontrar soluções para o elevado insucesso escolar verificado no 1º ano de frequência universitária, altura em que, de acordo com as estatísticas, chegam a chumbar cerca de 40% dos alunos, situação única na Europa.

Desde os bancos do Liceu de Angra que não tinha contacto pessoal com Roberto Carneiro, foi com orgulho que ouvi a sua conferencia bem como me apercebi do seu extraordinário caminho como professor universitário.

O Congresso da Cidadania, organizado pelo Ministro da República para os Açores, vai continuar a percorrer até Maio as nove ilhas dos Açores, alertando os açorianos para os seus direitos e responsabilidades enquanto cidadãos.



publicado por Soares Carepa às 21:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2005
Os limites da Autonomia
O Senhor Presidente da Republica no seu discurso na abertura do congresso da cidadania afirmou que com a ultima revisão constitucional e por imperativo do artigo em que se institucionaliza o Estado Português como unitário, a autonomia política das Regiões Autónomas tinha chegado ao seu términos.

Já neste blog e na altura em que se procedeu à revisão constitucional afirmei que no meu fraco entendimento tínhamos violado aquela barreira, pois com o tempo e com a possibilidade de alteração das Leis Gerais da Republica pelo Parlamento Regional iremos ultrapassar aqueles limites.

As afirmações do Senhor Presidente da Republica são pertinentes, e estão de acordo com as suas funções constitucionais de defesa da Constituição existente.

Às RA cabe agora dois caminhos primeiro pôr em execução as alterações aprovadas na ultima revisão constitucional e propor a revisão do Estatuto politico-administrativo das Regiões em segundo lugar aguardar a possibilidade política, que não antevejo próxima, para a alteração do Estado Português de unitário em regional.



publicado por Soares Carepa às 16:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2005
Reconstrução
Encontra-se em fase final a reconstrução nas ilhas do Faial e do Pico e já em planificação o próximo processo de apoio aos sinistrados que não possuem terrenos próprios.

Neste último caso, já se inscreveram naquele regime de comparticipação duas dezenas de sinistrados sem terrenos, continuando aberto, até ao próximo mês de Julho, o respectivo período de inscrições, de acordo com a legislação específica que está em vigor.

Para estes sinistrados o Governo Regional comparticipa a aquisição dos terrenos até ao montante de 20 mil euros, por agregado familiar, ou, em alternativa, os sinistrados poderão aceder a uma moradia concluída, ficando a seu cargo o pagamento, por um prazo de até 20 anos, de uma percentagem relativa ao terreno infra-estruturado.

Depois de muitas criticas injustas e feitas unicamente com objectivos de baixa política, pois este processo visto e analisado por pessoas independentes e técnico nacionais e internacionais do sector tem sido considerado exemplar, já foram entregues 1.525 casas, estando em curso a reconstrução de outras 125 habitações.


publicado por Soares Carepa às 23:01
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2005
O Congresso da cidadania
Com iniciativas previstas para as nove ilhas do arquipélago, o Congresso da Cidadania organizado pelo Ministro da Republica para os Açores, pretende fomentar o debate na região sobre os direitos e responsabilidades dos cidadãos.

Por todos os concelhos dos Açores vão passar até Maio, nomes como Vítor Feytor Pinto, Roberto Carneiro, Boaventura Sousa Santos, António Lobo Xavier, José Magalhães, José Pacheco Pereira, Medeiros Ferreira, Teresa Patrício Gouveia e António Vitorino, entre outros.

O congresso vai debater temas como a investigação científica, liberdade, segurança, família, ultraperiferias, violência doméstica, partidos políticos, educação, administração pública e justiça.

No Faial teremos:

- No dia 28 de Janeiro pelas 21.00 no Auditório do Teatro Faialense a presença do conferencista Roberto Carneiro para falar sobre “ O lugar da escola - estratégias e modelos educativos” sendo moderador por Teresa Medeiros.

- No dia 29 de Janeiro pelas 10.00 no Auditório do Teatro Faialense o conferencista Manuel Barbosa para falar sobre a comunidade educativa e participação democrática, sendo moderador Jorge Lima.

Trata-se de uma iniciativa digna dos maiores elogios, para um melhor conhecimento indico o link do Congresso da Cidadania.


publicado por Soares Carepa às 20:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sábado, 22 de Janeiro de 2005
Programas
Este foi o fim de semana de apresentação dos programas para as eleições de 20 de Fevereiro tanto do PSD como do PS.

É já um lugar comum que não é pelos programas que se ganham eleições, mas é importante para alguns eleitores lerem as propostas para tomarem a sua decisão.

Li este fim de semana as propostas apresentadas e não posso deixar de referenciar que dos dois documentos opto claramente pelo do PS, pelo conjunto de propostas que em consciência se me apresentam como mais capazes de modificar uma vez por todas este país.

Para tal se concretizar torna-se necessário uma maioria clara na AR, nisto estou de acordo com António Vitorino, só desse modo será possível a implementação das medidas necessárias e não eleitorais à superação do défice, (criado por todos os partidos que tiveram responsabilidades governativas desde o 25 de Abril) e factor base para o desenvolvimento sustentado do país.

Agora vamos assistir à campanha que para mim e para a maioria do povo português já não modificará a opção de voto coincidentemente tomada.



publicado por Soares Carepa às 23:08
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2005
Arte contemporânea
O Governo Regional dos Açores pretende através da sua Direcção Regional da Cultura de criar um “Centro de expressões artísticas contemporâneas” onde seja possível com dignidade expor a arte contemporânea na RA tendo por base a difusão e não a concentração pelo que tal iniciativa não se deve circunscrever a uma única ilha.

Considero tal iniciativa de louvar e ao mesmo tempo de incentivar na pessoa do Director Regional da Cultura Vasco Pereira da Costa, meu amigo de infância, estou certo que com o seu dinamismo tornará possível esta proposta.

Mas que melhor instalação se poderia conceber para esta finalidade na cidade da Horta que o edifício da antiga Agencia do Bando de Portugal, em boa hora agora entregue temporariamente à Biblioteca Publica e Arquivo da Horta.

Tal como já afirmei em anterior entrada aquele edifício deverá passar a fazer parte do itinerário cultural da Horta e dos Açores e esta possibilidade surge agora sob outra perspectiva com o “Centro de expressões artísticas contemporâneas”.




publicado por Soares Carepa às 19:01
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 18 de Janeiro de 2005
Victor Cruz
No Congresso do PSD- Açores realizado na Ribeira Grande Victor Cruz voltou a colar-se demasiado a Santana Lopes ao declarar o apoio dos social-democratas açorianos à candidatura presidencial de Mota Amaral.

Não acredito que os cavaquistas lhe perdoem! Pois está visto que o candidato do PSD as presidenciais é naturalmente Cavaco Silva, como também não duvido de que serão eles a tomar conta do partido quando o PSD passar para a oposição, como dizem todas as sondagens para as eleições de 20 de Fevereiro.

Com esta atitude Victor Cruz deverá ficar novamente comutado com uma derrota e o PSD/Açores terá de abandonar precipitadamente o seu apoio a Mota Amaral que muito dificilmente se apresentará às urnas presidenciais, com outras orientações políticas como esta, será a hora de Berta Cabral avançar para a liderança dos social-democratas açorianos.


publicado por Soares Carepa às 21:28
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 16 de Janeiro de 2005
Edificio Banco de Portugal
Durante três anos, tempo que se prevê para a recuperação e adaptação da Casa Grande dos Bensaudes ao Arquivo Regional e Biblioteca Publica, estes serviços vão transitar para as antigas instalações do Banco de Portugal na Horta.

Trata-se de uma medida acertada dada as instalações precárias e muito degradadas onde actualmente funcionam aqueles serviços.

Por se tratar de um edifício com boa qualidade arquitetónica e marcante na cidade da Horta, estes três anos com um serviço publico na área cultural lá instalado deverão ser utilizados para se conseguir encontrar um futuro digno para aquele edifício naquela área e que simultaneamente prestigie a cidade e a Região.


publicado por Soares Carepa às 21:26
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2005
Programa cultural
Transcrevo a temporada musical programada para o ano de 2005 para a cidade da Horta:

Janeiro – Concerto de Reis

Fevereiro – Trio para trombone e piano

Março – Grande concerto de Mozart

Abril – Trio para violino e piano

Maio – Concerto do Espirito Santo

Junho - Grieg: Sonatas para violino e piano, violoncelo e piano, canções

Julho - Trio para trompa, violino e piano

Agosto – Música romântica alemã

Setembro – Concerto Lied

Outubro – Musica Ibérica – Batalhas para orgão

Novembro – Concerto para piano, clarinete, trompa, fagote e oboé

Dezembro - Quintetos para piano

- Concerto de Natal


Para uma pequena cidade trata-se de um verdadeiro acontecimento cultural, que nasceu de vinda de um grupo de músicos do leste europeu, de grande qualidade artística para o Conservatório Regional da Horta e que foram capazes de agregarem à sua volta os apreciadores da boa musica desta cidade.

Os fayalenses e os açorianos estão de parabéns.



publicado por Soares Carepa às 21:23
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2005
Formação profissional
Desenvolver um “pacto social regional” que aponte para “a qualificação enquanto factor fundamental da melhoria da remuneração e da promoção do trabalhador” é o objectivo a que se propõe o Governo Regional dos Açores. O projecto foi apresentado por Carlos César, chefe do Executivo, aquando da cerimónia de homenagem, que decorreu no Palácio de Santana, a 13 jovens açorianos premiados no Campeonato Nacional das Profissões.

“Temos de orientar, cada vez mais, os recursos públicos de apoio ao investimento privado para aplicação nos projectos com maior retorno no produto e na produtividade por posto de trabalho”, considerou o Presidente do Governo, defendendo a importância da criação de “novos serviços, da integração de novas tecnologias e da qualidade dos serviços prestados”.

O chefe do Executivo realçou, ainda, o esforço que a Região tem feito em matéria de formação profissional, indicando que cinco mil jovens frequentam, actualmente, escolas de formação profissional na Região. Enquanto em 1996 apenas 1,4 % dos activos eram possuidores de cursos técnico-profissionais, essa percentagem é, actualmente, de 12%, acrescentou.

Dos 13 premiados distinguidos oito são medalhas de oiro (campeões nacionais), três de prata e duas de bronze.

Seis dos oito açorianos medalhados vão representar Portugal no Campeonato Mundial das Profissões em Design, Mesa-Bar, Tecnologias da Informação, Electricidade, Carpintaria e Gestão de Redes Informáticas), que decorre em Helsínquia, na última semana de Maio.

Temos de estar orgulhosos por estes jovens e esperançados que o futuro se está a construir com o rumo certo.



publicado por Soares Carepa às 14:04
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2005
Jovens Artistas
Foi apresentado em Angra do Heroísmo o Certame Macaronésio de Jovens Artistas.
Trata-se de um concurso artístico, com várias modalidades, em que podem participar todos os jovens açorianos, madeirenses, canários e cabo-verdianos nascidos entre 1975 e 1990.

Artes plásticas (banda desenhada, fotografia, desenho e escultura), audiovisual (curta-metragem de ficção, documentário e vídeo e guião para curta-metragem), humanidades (conto e poesia) e música (pop-rock ou música electrónica e música folclórica) são as áreas temáticas do concurso que, no conjunto, conta com 20 mil euros em dinheiro para prémios, para além de outros, como viagens.

A organização deste certame é do Cabildo (Governo) da ilha de Lanzarote, nas Canárias, sendo o contacto nos Açores o Instituto Açoriano de Cultura.

Carlos Corvelo secretário regional adjunto do vice-presidente, considera que esta iniciativa é totalmente inovadora e destina-se a estimular a criatividade e a promover o intercâmbio entre os mais novos, e pode vir a ser um suporte a outro projecto que o Governo açoriano vai propor que é a criação nos Açores de um Centro de Arte Contemporânea da Macaronésia, que inclui uma mediateca e uma pinoteca destinadas a reunir obras de arte contemporânea dos arquipélagos atlânticos.


publicado por Soares Carepa às 20:27
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 8 de Janeiro de 2005
Concerto de Reis
Realizou-se na Matriz da Horta no dia 7 de Janeiro o Concerto de Reis com os artistas:

Solistas: Eulália Mendes(soprano), Kurt Spanier (tenos), Humberta Silva (soprano) Volodymyr Samokhvalov (órgão) e Yuri Pavtchinski (trompete).

Ensemble Musical do Conservatório regional da Horta constituido pelos artistas: Yuri Gertzev (violino), Natalia Horobets (violino), Alla Gertezeva (viola), Volodymyr Shunko (clarinete), Ludmila Chorkova (piano) e Marcelo Guarini (piano).

Grupo Coral da Horta sob a direcção de Renata Rentowska.

Grupo “À capela” constituído por José Francisco Pereira e Maria Eduarda Rosa.

Grupo de ballet do Conservatório

Declamação de poema a cargo de Maria do Céu Brito.

Foi uma noite de grande qualidade digna de qualquer cidade europeia, onde a população participou em bom numero e não regateou aplausos no final.

A Horta encontra-se a viver um período impar da sua história com a presença de um grupo de músicos e artistas de qualidade que tem modificado o seu viver isolado, saibamos reconhece-los e viver estes momentos deliciosos que nos tem oferecido.



publicado por Soares Carepa às 20:17
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2005
O movimento aéreo
Os quatro aeroportos açorianos da responsabilidade da ANA movimentaram 1,1 milhões de passageiros no ano passado, mais 6,1 % do que em 2003, anunciou hoje a gestora de aeroportos.

No mesmo período, os aeroportos de Ponta Delgada, Horta, Santa Maria e Flores registaram um aumento de 3,6 % no tráfego aéreo, com um movimento total de 20.991 de aviões ao longo dos últimos doze meses.

Segundo a ANA - Aeroportos de Portugal, o movimento de passageiros estrangeiros cresceu 16,5 %, representando um total de 165.420 pessoas que passaram pelos quatro aeroportos em causa.

Em contrapartida, o tráfego de carga decresceu 4,2 % de 2003 para 2004, enquanto que o volume de correio transportado apresentou um comportamento positivo de mais 2,6 %.

Da analise destes dados podemos concluir que apesar da crise económica o arquipélago continua a desenvolver positivamente a sua vertente turística como alternativa à agro-pecuária tradicional.


publicado por Soares Carepa às 20:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 4 de Janeiro de 2005
À memória

Numa homenagem à memória das vítimas do maremoto, que assolou o Sudoeste Asiático no passado dia 26 de Dezembro, os cidadãos de todos os países da Europa vão ficar três minutos em silêncio. Às 10h00 (hora dos Açores) de amanhã, quarta-feira, os europeus vão recordar os mais de 150 mil mortos.

A somar a este drástico número estão as mais de 500 mil pessoas que terão ficado feridas.

De acordo com estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), o número de vítimas mortais poderá aumentar devido às doenças, falta de água potável e alimentos.

Uma porta-voz da organização assinalou que muitas das zonas afectadas continuam isoladas e a destruição das infra-estruturas locais, incluindo canais de escoamento de água, faz com que estas localidades sejam "potenciais focos de doença".

Os Açores não estão imunes a este tipo de cataclismo, apesar de raros apenas existe um registo histórico, este relativo ao terramoto de Lisboa de 1 de Novembro de 1755 pelas 10 horas da manhã, onde três enormes maremotos se formaram e arrasaram os terrenos baixos das ilhas de S.Miguel, Terceira e Faial . Apenas se menciona estas ilhas por não existirem registo das outras dos grupos central e oriental, onde certamente se registaram nelas iguais destruições.

Em Ponta Delgada o mar subiu pelas ruas da cidade estragando muitos edifícios mas não havendo notícia de mortes.

Em Angra o mar galgou por três vezes até à Praça Velha deixando barcos em seco e destruindo todos os que se encontravam no Porto de Pipas. No refluxo destruiu a muralha da Alfandega e levou muitas das madeiras que ali se encontravam.

Na Vila da Praia demoliu 15 casas e a Ermida de S.Tiago em Porto Martins, destruindo terras, vinhas e muros e provocado o falecimento de pelo menos 5 pessoas.

No Faial igual descrição é feita só que é referido que o mar entrou em terra três vezes e que no refluxo desceu tanto que os barcos “quase batiam com as quilhas no fundo do mar”!

A notícia do terramoto só chegou a 25 de Janeiro de 1756 com a chegada do primeiro navio vindo de Lisboa.



publicado por Soares Carepa às 19:03
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 2 de Janeiro de 2005
Ligações aéreas
Arrancou já no primeiro dia de 2005 o regime de code share acordado entre a SATA e a TAP. A Região passa a dispor de 36 ligações aéreas semanais, durante o Inverno, com o Continente

A partir de agora, um passageiro açoriano que pretenda viajar até ao Continente, ou vice-versa, poderá fazê-lo tanto na SATA Internacional como na TAP, sem que lhe sejam imputados custos adicionais.

O acordo tem a duração de um ano e visa “harmonizar” a oferta aérea existente no arquipélago.

Para a SATA. “Vamos assistir a um aumento das redes sem que os custos operacionais, bem como o preço dos bilhetes subam”, adiantou, muito embora não haja, para já, um aumento do número de lugares disponíveis.”

Por seu turno para a TAP “vem potenciar o turismo e aumentar a flexibilidade oferecida aos clientes”.

Em termos práticos, a SATA Internacional e a TAP dividem, conforme as suas conveniências operacionais, as ligações entre as Ilhas e o Continente com vantagens para os passageiros, não se trata de uma liberalização completa mas na possível tendo em conta o mercado actual dos Açores e a sua dependência económica e social nas ligações aéreas.



publicado por Soares Carepa às 20:59
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
16
17
18

20
21
22
24
25

26
28
29
30


posts recentes

Despedida

Feliz 2011

Boas Festas

Estudo sobre barcos

Novos barcos

Hotéis e companhia

Orçamento Regional

Guerra na saúde regional

FMI

Orçamento 2011 da RA

Nato

SOS Cagarro

Atlanticoline 2010

Homens/mulheres

Açores na ONU

O acordo

Novo paradigma

AFH

SOS Cagarro 2010

O salvamento no Chile

arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

tags

todas as tags

links
O meu Email
  • MartinsSoares
  • blogs SAPO
    subscrever feeds