Pensamentos de um ilhéu escritos de 2003 a 2010.
Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2005
A política é uma actividade nobre

Do meu amigo José Gabriel Ávila transcrevo o texto abaixo publicado no Diário dos Açores, por partilhar o principio de que a política é uma actividade nobre e imprescindível a qualquer sociedade humana e que neste período de campanha eleitoral mais deverá ser reforçada a sua importância.

“De há uns tempos a esta parte, vimos assistindo à tentativa, aliás conseguida, da formação de uma forte corrente junto da opinião pública, da ideia de que a política é uma actividade vil, desprestigiante, menor, e que os seus agentes são pessoas sem princípios, injustas, interesseiras e, porventura, corruptas.

Estas mensagens têm tido bastante vencimento de tal modo que ao aproximar-se qualquer acto eleitoral há cada vez mais gente a manifestar-se contra o exercício desse direito e dever, fazendo passar o desejo generalizado da abstenção.

São procedimentos tão condenáveis agora, que vivemos num regime democrático conquistado há trinta anos, como o eram no tempo do fascismo, quando o poder ditatorial frisava que “o povo não estava preparado para votar”.

É verdade que a democracia não é um sistema político perfeito, mas é o melhor de todos os regimes conhecidos porque salvaguarda “ a livre vontade dos cidadãos na escolha do regime e na designação dos governantes” (Concílio Vaticano II, G.S. nº 74).

Muitos dos que hoje sub-repticiamente passam as ideias acima expressas, não prezam os valores da liberdade e da justiça, os direitos da pessoa humana e a livre manifestação das opções políticas de cada um.

Outros, servidores de grandes interesses económicos, tornaram-se arautos de uma alegada estabilidade social, que não é mais do que a defesa de um “status quo”, em que a economia e o estado estejam ao serviço do capital e de uns poucos e não da maioria dos cidadãos, nomeadamente dos mais fracos.

Interesses inconfessáveis movem esses agentes de um capitalismo selvagem que, pontualmente, e por alturas de actos eleitorais, se reúnem e “encostam” a lideranças partidárias, não para buscarem e promoverem o bem comum, mas para acautelarem os seus vis interesses e lucros.

Importa que cada vez mais os agentes políticos saibam discernir quem está com quem e por quê e quais as medidas que, num determinado momento, melhor respondem aos anseios e dificuldades dos eleitores.”



publicado por Soares Carepa às 22:06
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
16
17
18

20
21
22
24
25

26
28
29
30


posts recentes

Despedida

Feliz 2011

Boas Festas

Estudo sobre barcos

Novos barcos

Hotéis e companhia

Orçamento Regional

Guerra na saúde regional

FMI

Orçamento 2011 da RA

Nato

SOS Cagarro

Atlanticoline 2010

Homens/mulheres

Açores na ONU

O acordo

Novo paradigma

AFH

SOS Cagarro 2010

O salvamento no Chile

arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

tags

todas as tags

links
O meu Email
  • MartinsSoares
  • blogs SAPO
    subscrever feeds